• Fernando Giovanella

Todo Mundo Está Fazendo Implantes Dentários. E Agora?


Transcrição do vídeo:


Todas as clínicas estão fazendo implantes dentários! E agora?


Fica comigo nesse vídeo que você vai aprender algo extremamente prático e que vai te ajudar na sua carreira como dentista. Vamos trazer dois conceitos do mundo dos negócios e vamos aplicar isso diretamente na sua carreira como dentista.


Atualmente, com o aumento absurdo no número de dentistas que fazem implantes dentários o simples fato de fazer esse procedimento não é mais nenhum diferencial. Na atual situação que vive a odontologia, tornou-se fundamental você ter um algum elemento de diferenciação, o que é conhecido no mundo dos negócios como Unique Selling Propositin (USP), em português Proposta Única de Venda. Você precisa demostrar e ofertar algo que os seus concorrentes não estão ofertando.


O seu paciente as vezes passa por 5 dentistas e todos falam exatamente a mesma coisa. Aí ele chega até você e encontra:


  • Uma proposta de tratamento diferenciada;

  • Técnicas que os outros não dominam;

  • Um diagnóstico diferencial e preciso.


Enfim, você apresenta uma Proposta Única de Venda, e conquista o paciente!


Temos que entender que o cliente nos paga, dentre outras coisas, pela nossa qualidade, mas principalmente, pelo nosso diferencial, por conseguir atentar para o que aos outros passou despercebido. Mas, como de fato conseguir um verdadeiro e relevante diferencial?


É aqui que vai a principal lição deste vídeo! Aprenda algo que lhe agregue valor. Não é escolher o caminho mais difícil e sim, o mais promissor, mesmo que isso signifique uma maior dedicação. Atualmente, vivemos uma crise de imediatismo na odontologia. Todo mundo quer se destacar e ter um diferencial da noite para o dia.


Boa parte da nova geração de dentistas não está tendo paciência para desenvolver novas habilidades. Estão focando apenas no que é fácil. Resultado: todo mundo fazendo a "cirurgiazinha" da moda; todo mundo fazendo o que se aprende rapidinho.  Meu amigo, pare com isso. Essa forma de pensar pode até lhe fazer subir rápido, mas você não irá longe. A vida não é uma corrida de 100 m. A vida é uma maratona! E isso exige, treino, paciência, resiliência e visão de longo prazo.


Bom se você viu esse vídeo até aqui, significa que você tem interesse nessa forma de pensar. Para aqueles que querem ir longe, eu vou compartilhar aqui outro conceito trazido do mundo dos negócios e que pode ser aplicado na odontologia. Quando um empreendedor ou investidor vai criar um novo negócio, uma preocupação que ele tem é definir: qual a barreira de entrada para esse negócio? Por exemplo: Vamos pressupor que você tenha tido a ideia de vender capinha de celular e para isso convida um investidor pra entrar com você no negócio. De imediato ele vai te questionar: qual a barreira de entrada para esse negócio?


É quase nenhuma. Muitas pessoas podem, com um pequeno investimento, entrar no negócio e fazerem exatamente a mesma coisa. Isso derruba o preço e a lucratividade. Não existe uma barreira de entrada! Por outro lado, existem formas de dificultar essa barreira, como por exemplo, um valor alto de capital inicial para abrir o negócio.; desenvolvimento de produtos com patente, isso dá certa vantagem competitiva… e por aí vai. E na Odontologia? O que seria um procedimento com grande barreira de entrada?


Um procedimento difícil de aprender. Isso ninguém quer, por que demora, é árduo, tem que ter paciência. Não é pra qualquer um. É pra poucos. É para aqueles que entenderam que a vida é uma maratona. Então eu te pergunto: qual é a barreira de entrada para os procedimentos que você faz?


Não dá para um profissional com 10 anos de formado ficar fazendo apenas o que os recém-formados também fazem. Você que é recém-formado, continue estudando e desenvolva habilidades constantemente, para que,quando você tiver 10 anos de formado, já tenha adquirido uma habilidade que sirva como importante barreira de entrada. Isso vai facilitar o seu processo de diferenciação profissional. Faz sentido? Escreva aqui abaixo e compartilhe conosco o seu ponto de vista.


No próximo vídeo, eu vou aprofundar um pouco mais desse conceito exemplificando como esse modelo de diferenciação é aplicado na prática da implantodontia.


Até mais!


24 visualizações