top of page
fernando giovanella implante zigomatico.

BLOG

O que é implante zigomático?


O implante zigomático é um tipo especial de implante dentário no qual a sua porção final é ancorada no interior do osso zigomático (osso da maçã do rosto) e a outra extremidade fica sobre a gengiva. Dessa forma é possível instalar uma dentição fixa parafusada sobre esses implantes mesmo em casos de falta de osso no maxilar.



foto implante zigomático
Implantes zigomáticos (longos) e implantes convencionais (curtos)

O implante zigomático é uma técnica de implante realizada por volta de 1% do cirurgiões dentistas no Brasil. Neste post você vai entender o motivo, o lado bom e o lado ruim desse tipo de implante.


Para entender o que é implante zigomático e o problema que ele resolve, você precisa inicialmente entender o que acontece nos ossos bucais (maxilares) após a perda dos dentes.

A função do osso do maxilar é dar sustentação aos dentes. Esse osso e chamado de osso alveolar.


osso maxilar - alveolos dentários
Osso que segura os dentes (osso alveolar)

Uma vez que os dentes foram removidos dos maxilares, esse osso que outrora sustentava os dentes, não tem mais função e começa a ser reabsorvido, isto é, vai ficando com menor volume. Essa é a lei da biologia. O que não utilizamos perdemos. O osso não estimulado pela ação dos dentes sofre um processo de reabsorção, e isso acontece de maneira progressiva e constante.


Com isso, a gengiva que recobre o osso também vai ficando fina. Entenda que a gengiva é como se fosse o tapete do osso. Diante disso, a prótese total (dentadura) começa a ficar com pouca retenção, machucar e muitas vezes até dificultar a vida social dos pacientes.


Como esse processo é progressivo, existem casos avançados onde a prótese simplesmente não pára sem o uso de fixadores de dentaduras. Chamamos esses casos de atrofia óssea severa - perda óssea de grande proporção por conta do uso de dentadura por décadas a fio. Muitas vezes restam apenas 1 ou 2mm de osso no maxilar.



osso maxilar
Reabsorção óssea maxilar


A solução para problemas como esse seria então fazer uma dentição fixa através dos implantes dentários, fazer uma dentição fixa parafusada sobre implantes dentários - a chamada prótese protocolo - onde um arco dentário com dentes e gengiva artificial é instalado sobre os implantes devolvendo a estética dentária, gengival, facial e tornando a dentição fixa.



protocolo dentario
Representação da Prótese Protocolo Inferior


Então você deve estar pensando, mas espera aí, se existe falta de osso no maxilar onde esses implantes serão instalados?

Bom, aí nos temos 2 possibilidades, 2 caminhos completamente diferentes:


Opção A) é repor o osso no maxilar - o que é conhecido como enxerto de osso. Esse osso pode ser retirado do próprio paciente, do banco de ossos ou de materiais sintéticos. Os fragmentos ósseos são então acoplador ao osso residual local e espera-se que ele se revitalize nos meses seguintes.



enxerto ósseo para implante
Tipos de enxerto ósseo dentário


O problema é que são necessários 3 cirurgias.


1) cirurgia de enxerto ósseo; espera de 6 a 8 meses para o osso incorporar no maxilar;


2) cirurgia para instalação dos implantes; após essa cirurgia é necessário aguardar mais 4 meses de espera para que o implante dentário incorporar no osso maxilar;


3) cirurgia de reabertura dos implantes, onde os implantes são expostos através da gengiva e só a partir daí então iniciar a confecção dos dentes fixos (prótese protocolo).


É um processo longo e você precisa usar sua dentadura com ainda mais dificuldade durante todo esse processo.

Enfim, a 1a. possibilidade é o enxerto ósseo. que é técnica proposta por 99% dos dentistas.


Mas entenda… essa não é a única forma.


Opção B) fazer um tipo especial de implante que é inserido no osso adjacente ao osso maxilar - o chamado osso zigomático, que é o osso que dá o suporte para a maçã do rosto - esse tipo especial de implante é chamado de implante zigomático.




implante zigomático modelo
Implantes zigomáticos em um biomodelo



Como isso é possível instalar um implante zigomático?


O que acontece é que, embora o osso do maxilar tenha sido reabsorvido após a remoção dos dentes, o osso zigomático mantém sua estrutura pois não depende dos dentes para sua manutenção.


Ele é constantemente estimulado por um potente músculo da mastigação chamado músculo masseter. Ou seja, mesmo após a perda de todos os dentes e do osso do maxilar, esse osso continua forte e íntegro.


inserção muscular masseter zigomatico
Músculo masseter se insere no osso zigomático


Os implantes zigomáticos apresentam como principal vantagem o fato de serem instalados nesse osso e permitem fazer todo o tratamento sem nenhum tipo de enxerto e com carga imediata.


Enquanto os implantes convencionais apresentam dimensões que podem variar entre 5 a 17mm, os implantes zigomáticos apresentam comprimentos que variam de 30 a 62,5mm. A cabeça do implante fica na região da gengiva, mas a porção final do implante fica no interior do osso zigomático.

A prótese é fixada sobre esses 4 implantes que estão instalados em uma região onde o osso tem alta densidade.


implante zigomatico e protese
4 implantes zigomáticos + prótese protocolo


Embora você possa encontrar casos clínicos onde forma instalados 6 a 8 implantes isso é totalmente desnecessário e pode até dificultar a higiene da prótese sobre implantes. Compare no foto abaixo, em qual das duas situações seria mais fácil manter a higiene?



dentes sobre implante
4 implantes facilitam a higiene da prótese sobre implantes


Temos evidências científicas suficientes para entender que 4 implantes bem instalados são o ideal para termos uma reabilitação funcional, estável e com uma melhor facilidade de higienização.

Falaremos mais sobre isso em outro post.


Em relação aos enxertos ósseos, os implantes zigomáticos apresentam vantagens como:


  • Todo o tratamento é realizado apenas com uma cirurgia;

  • o implante zigomático é instalado no osso nativo do paciente e não em um osso enxertado (que geralmente tende a ser um osso mais mole ou menos vivo)

  • como o osso zigomático é um osso bastante duro, é possível fazer a carga imediata, isto é, instalar os implantes zigomáticos e já colocar a dentição fixa em poucos dias, geralmente 3 a 5 dias.


Mas e os dentes fixos, mudam alguma coisa?

Não.


tanto com enxerto ósseo ou com implante zigomático, a prótese sempre será uma prótese que possui dente e gengiva artificial, conhecida como prótese protocolo ou prótese dento-gengival.


protocolo dentário
Prótese protocolo


Na boca ficam apenas 4 pinos expostos onde a prótese é então parafusa sobre os implantes, e a dentição passa então a ser completamente fixa, funcional e estética.


protese sobre implante zigomatico
Protocolo dentário com 4 implantes zigomáticos

O problema é que muitas pessoas não sabem dessa alternativa de tratamento, ou seja, realizam complicadas cirurgias de enxertia óssea sem saber que existe a alternativa dos implantes zigomáticos.


Mas porque isso acontece?


Por um simples motivo: instalar implante zigomático é uma técnica difícil de aprender e tem uma curva de aprendizado lenta e árdua. A imensa maioria dos dentistas não se interessam em aprender a instalar implantes zigomáticos.


Em um procedimento de enxertia, uma falha técnica pode levar a perda do enxerto ósseo. Algo extremamente ruim para o paciente que terá que se submeter novamente a um novo procedimento de enxertia óssea e aguardar os tempos de cicatrização, porém, nenhuma sequela grave acontece.


Já no implante zigomático, não existe margem para amadorismo ou erros técnicos.

Um implante zigomático mal executado pode levar o implante até as proximidades (ou até invasão) da cavidade orbitária, região onde fica o globo ocular (olho). Nessa região, a gravidade da lesão é potencialmente muito maior.



implante zigomatico na órbita
Erro técnico ao instalar o implante zigomático


Por esse motivo, muitos cirurgiões dentistas não querem nem ouvir falar sobre implante zigomático.


Você vai encontrar muitas opiniões divergentes em relação a essa técnica. Porém fique atento que:

“Em se tratando de Implante zigomático é incrível o número de profissionais que tem opiniões formadas e certezas absolutas sobre um assunto o qual desconhecem completamente.”

Apesar dessa ocorrência ter sido relatada na literatura isso é atribuído a despreparo técnico do cirurgião, independentemente do tempo de experiência com implantes convencionais.


O implante zigomático é uma entidade a parte na implantodontia. O treinamento e experiências adquirias na implantodontia convencional não se aplicam diretamente ao implante zigomático.

Isso têm levado muitos cirurgiões a desistirem desse tipo de técnica de implante dentário. Além de ser mais difícil de aprender e ter uma lenta curva de aprendizado, a instalação dos implantes zigomáticos não toleram erros técnicos.


Somado a isso, quando a técnica de instalação do implante zigomático foi inicialmente introduzido pelo Prof. Branemark, a técnica inicialmente preconizava uma instalação do implante obrigatoriamente por dentro do seio maxilar, dificultando ainda mais a cirurgia e aumentando o risco potencial de instalação de sinusite maxilar.


Essa talvez seja a principal premissa daqueles que advogam contra a técnica (falo mais sobre implante zigomático e sinusite em outro post).

Mas o que de fato podemos dizer é que um implante zigomático corretamente planejado e instalado apresenta altíssima taxa de sucesso e segurança. Existem uma imensa quantidade de trabalhos científicos comprovando sua alta taxa de sucesso e satisfação dos pacientes. É só digitar no site www.pubmed.gov o termo "zygomatic implants" e você verá o quantidade de trabalhos publicados sobre a técnica do implante zigomático.


Atualmente, é possível fazer um planejamento virtual e posicionar os implantes zigomáticos em um softwares 3D. Sob várias visões diferentes, a posição perfeita desse implante pode ser ajustada sob várias perspectivas (visões impossíveis de serem observadas pelo cirurgia clinicamente). No vídeo abaixo (destinado a dentistas) eu falo mais sobre esse método.





A partir daí, é possível pré-criar os orifícios das perfurações iniciais no osso virtual do paciente e fazer uma impressão física dessa réplica do osso do paciente. Esse método foi publicado no livro ZIGOMA 2.0 - A Nova Era dos Implantes Zigomáticos - Dr. Fernando Giovanella.



Dessa forma, o cirurgião tem um guia preciso de onde realizar as osteotomias fazendo com que a instalação dos implantes zigomáticos sejam realizadas de forma precisa, segura e mais rápida.

A possibilidade de instalação de uma dentição fixa com carga imediata e com enxerto ósseo tem sido a solução para muitos pacientes que tiveram insucessos recorrentes com enxertias ósseas e hoje é tido como primeira opção para o tratamento de maxilas atróficas em muitos países de 1o. mundo (em alguns poucos cirurgiões no Brasil).


O lado ruim daqueles que optam pela realização de implante zigomático é que no Brasil ainda existem poucos profissionais (verdadeiramente) capacitados.


A técnica do implante zigomático tem tido pouca aceitação no passado, mas nos últimos 4 anos aumentou o interesse dos cirurgiões por aprender essa técnica e, no futuro próximo, o número de cirurgiões capacitados aumentará.


Quais as principais indicações para implantes zigomáticos.


As principais indicações dos implantes zigomáticos é casos de pacientes que usam dentadura (casos totais), isto é, casos onde o paciente perdeu todos os dentes ou tem toda a dentição natural irreversivelmente comprometida.

Cabe aqui salientar que, mesmo com a perda de todos os dentes, existem situações onde o caso pode ser tratando com a Técnica Allon4 com implantes convencionais.



rx allon4
Radiografia Técnica Allon4 (implantes convencionais inclinados)


Com essa técnica os implantes são inclinados para frente para alcançarem o osso residual na região lateral e abaixo da região nasal.

implantes all on four
Técnica Allon4 (implantes convencionais inclinados)
O implante zigomático só é (corretamente) indicado quando não é possível utilizar a Técnica Allon4 com implantes convencionais (Allon4 Standart).

Em tais situações, é indicado o Allon4 Híbrido, onde 2 implantes convencionais são instalados na região anterior abaixo da cavidade nasal e 2 implantes zigomáticos são instalados na região posterior do maxilar com fixação no osso zigomático.


radiografia implante zigomatico
Implante zigomáticos e convencionais (Allon4 Híbrido)


Em casos de extrema atrofia ósseo maxilar, isto é, situações onde há ausência quase total de osso no maxilar, é então indicado a instalação de 4 implantes zigomáticos, conhecido com Allon4 Zigoma.


rx implante zigomático
Allon4 Zigoma - 4 implantes zigomáticos


Qual é a sequencia de tratamento com implantes zigomáticos?


Em relação ao preparo pré-operatório para instalação de implantes zigomáticos as rotinas são semelhantes aos implantes convencionais.


Inicialmente é realizado um exame clínico, alguns exames de sangue, avaliação pré-anestésica e exame de tomografia computadorizada.


No passado, todos os casos de implante zigomático eram realizados exclusivamente com anestesia geral.


Atualmente, os cirurgiões mais capacitados também realizam o procedimento com anestesia local.

No pré-operatório o paciente precisa ser pré-medicado com anti-inflamatório e um ansiolítico (remédio para dar sono e relaxamento muscular).


No dia seguinte da cirurgia para instalação dos implantes zigomáticos, é feita então a prova dos dentes. Nessa consulta a dentição completa em cera é testada para avaliação da parte estética e funcional e, geralmente no 3o. dia, a dentição fixa definitiva já é instalada.


Os dentes da prótese protocolo sobre implantes zigomáticos ou convencionais podem sererm de resina acrílica ou porcelana. Veja no vídeo abaixo a diferença.




Em relação a essa prótese sobre implante, chamada de prótese do tipo protocolo, não existe diferença em relação a uma prótese sobre implante convencional.


Com a evolução da técnica cirúrgica, os implantes zigomáticos são instalados em um posição otimizada em relação aos futuros dentes.


Como a instalação de implantes zigomáticos se trata de uma técnica avançada de implantes em uma região anatômica extramaxilar, que varia bastante de paciente para paciente, é importante que você procure um profissional com ampla formação não só em cirurgia dentária mas também facial, e que domine e incorpore um planejamento virtual 3D em suas cirurgias.


Essa é a melhor forma de ter seu implante zigomático executado como segurança e previsibilidade.

Para saber mais como é possível ter dentes fixos sem enxerto ósseo, acesso o site www.dentesfixos.com. Para profissionais que querem saber mais sobre o método ZIGOMA 2.0 acesse https://www.fernandogiovanella.com/zigomatico

No vídeo abaixo, você verá mais algumas imagens e explicações didáticas sobre implante zigomático.




Deixa nos comentários abaixo suas principais dúvidas sobre implantes zigomáticos!


Até a próxima


Dr. Fernando Giovanella


4.582 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page