• Fernando Giovanella

O principal erro básico dos iniciantes em IMPLANTES ZIGOMÁTICOS


https://www.fernandogiovanella.com/zigomatico

Transcrição do vídeo: O Principal Erro Básico dos Iniciantes em IMPLANTES ZIGOMÁTICOS

que você vai aprender neste vídeo é um conceito extremamente importante mas que não está escrito em livro nenhum de implante zigomático. Um conceito extremamente simples mas que é, na minha opinião, o mais importante para iniciar no mundo dos implantes zigomáticos. Um erro básico daqueles que iniciam no mundo dos implantes zigomáticos é replicarem alguns conceitos da implantodontia convencional e transportar para o planejamento e execução dos implantes zigomáticos. O conceito de osteointegração é o mesmo, mas o conceito de planejamento e ancoragem ósseo é totalmente diferente, e digo mais, é algo contra-intuitivo.


Por exemplo: Quando você avalia a região do 46 para instalação de um implante, você pega a tomografia, mensura a disponibilidade de crista óssea até o canal mandibular e selecionada o implante. Se tem 6,5 mm de altura, você geralmente acaba instalando um implante de 5mm. Logo você deduz, terei um implante com 5mm de inserção no osso. Isso se aplica em toda região maxilo-mandibular. Tenho 11mm na região do 21, logo, posso instalar um implante de 9mm e terei um implante de 9mm no interior do osso.


O problema que a mesma mentalidade é aplicada para avaliação do zigoma. O que é um erro. O zigoma é totalmente diferente. O sujeito olha o corte coronal da região do zigoma e intuitivamente aplica a mesma lógica. Na imagem aparece que o zigoma tem 5mm, logo, vou instalar o implante no zigoma é terei 5mm de inserção. Aí ele começa a viajar... vou colocar com implante que tem por volta de 45mm ou mais e apenas 5mm vai ficar no osso… nossa esse braço de alavanca é muito grande, isso não pode dar certo… ahh, agora eu entendo porque ninguém faz zigoma, é porque isso não pode dar certo e bla-bla-bla. E aí que começam os problemas.!


O conceito mais básico e pouco falado, inclusive eu repito isso bastante no curso, é que a ancoragem bem planejada no zigoma é, na maioria das vezes, tangencial a parte interna da cortical externa do corpo do zigoma. Não interessa que você tem apenas 5 mm de espessura no zigoma, a ancoragem no corpo do zigoma será muito maior do que esses 5 mm. Vamos ver esse importante conceito na prática. Uma vez que você entende isso, você começa a entender por que a taxa de sucesso é tão elevada, e por que também muitas vezes a ancoragem no rebordo maxilar pode ser muitas vezes desprezada.


Você pode ver, implante zigomático apresenta seus nuances e por que você vê tanta gente falando conceitos distorcidos sobre o zigoma: essas pessoas simplesmente replicam o modo de pensar de planejamento com os implantes convencionais e ficam opinando sobre algo que desconhecem. Agora você já entendeu. Quando houver alguém falando que a mecânica do zigomático é igual a de um implante curto por que tem apenas 5mm de ancoragem e um braço de alavanca longo vc já sabe que está diante de alguém que ainda não entendeu como de fato é a ancoragem no zigoma.


No próximo vídeo eu vou dar um passo a passo a mais e quero ir um pouco mais fundo. Vou falar um pouco sobre sistemas de implantes zigomáticos. Aí não tem jeito, quer alguns gostem ou não, eu vou acabar tendo que falar de marcas comerciais, sem balela, sem politicamente correto ou seja, direto ao ponto, doa a quem doer.


Você tem interesse em aprender mais sobre implantes zigomáticos clique no link abaixo e saiba quais passos você deve tomar.


Um forte abraço e eu te vejo no próximo vídeo!