• Fernando Giovanella

Dor Pós-Operatória: Como quantificar e tratar de maneira objetiva

Atualizado: 12 de Jul de 2018


Você faz uma exodontia e no dia seguinte o paciente te liga dizendo que está com dor forte. Não é raro o paciente receber, por telefone mesmo, a orientação: tome mais um analgésico e a dor vai passar. 


Tais condutas com certeza não são as mais adequadas. A causa da dor não foi investigada, a dor não foi devidamente quantificada e a tentativa de promoção de analgesia foi feita de forma simplista e ineficiente.


Uma vez que a dor é uma experiência subjetiva, o significado de dor forte, pode ter várias interpretações e pode acabar dificultando a assertividade da melhor conduta do dentista perante cada caso.


Nesse vídeo eu explico uma forma rápida e fácil de quantificar a dor do paciente e, a partir dessa definição, tomar uma conduta analgésica mais adequada para cada caso.




12 visualizações