• Fernando Giovanella

O que fazer em caso de comunicação buco-sinusal


Mais cedo ou mais tarde, todos que realizam exodontias irão se deparar com uma complicação chamada comunicação buco-sinusal. Isso é mais provável de ocorrer quando as raízes dos molares superiores são divergentes e o seio maxilar invagina entre as raízes. Durante a exodontia não é raro que um fragmento do assoalho do seio maxilar seja removido em conjunto com o dente.


Essa complicação pode ocorrer e ser diagnosticada imediatamente após a exodontia ou, em outros casos, pode ser identificada tardiamente. O paciente relata um “escape” de ar pelo orifício, podendo até mesmo desenvolver quadros de sinusite. Ao exame clínico, você constata uma abertura epitelizada na região do alvéolo, o que chamamos de fístula buco-sinusal.

Sem sombra de dúvidas o pronto reconhecimento e tratamento adequado imediato é o que trás os melhores resultados. 

Pequenas comunicações fecham espontaneamente caso o coágulo permaneça íntegro e estável, já grandes comunicações exigem cirurgia adicional para o fechamento.


No vídeo abaixo, você irá entender melhor os principais conceitos no que tange a identificação e o tratamento desta complicação.





291 visualizações